Município de Alijó


Câmara de Alijó investe 800 mil euros no Santuário de Nossa Senhora da Piedade

Mini_0

O Presidente da Câmara Municipal de Alijó, José Rodrigues Paredes, assinou ontem, 20 de fevereiro, o contrato de adjudicação da empreitada de requalificação do acesso ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade, considerada “uma das grandes obras deste mandato”. A intervenção vai exigir um investimento de cerca de 800 mil euros, que será totalmente suportado com verbas próprias.

“Prometi aos Sanfinenses que requalificaria o acesso da Vila até ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade. Sanfins do Douro precisava desta obra há muito tempo e estamos agora a dar um passo fundamental no cumprimento deste objetivo”, sublinhou José Rodrigues Paredes.

Esta obra exige um investimento muito significativo por parte do Município de Alijó que vai avançar, mesmo sem financiamento comunitário. “Não foi possível encontrar fundos comunitários para comparticipar esta obra, mas não deixamos que isso que nos impedisse de cumprir este compromisso que é essencial para o desenvolvimento de Sanfins do Douro”, explicou.

Após a assinatura do contrato, a Presidente da Junta de Freguesia de Sanfins do Douro, Carla Miranda, lembrou que “esta era uma obra esperada pelos Sanfinenses há muitos anos” e acrescentou que “o dia 20 de fevereiro de 2020 nunca será esquecido”.

O projeto foi apresentado à população há cerca de um ano, tendo depois sido lançado o concurso de seleção do empreiteiro, que decorreu dentro dos prazos legais. O contrato de adjudicação assinado será agora submetido a visto do Tribunal de Contas, após o qual será feita a consignação.

A empreitada prevê a requalificação total dos acessos da Vila de Sanfins do Douro ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade, a reabilitação das capelinhas ao longo do percurso e a criação de um novo miradouro com vista para noroeste.

“Vamos melhorar as condições de acesso, de modo a criar uma maior atratividade. O Santuário tem potencialidades soberbas em matéria de turismo religioso, paisagístico e cultural que não podem ser esquecidas e que temos de explorar”, acrescentou.

A intervenção vai incluir o alargamento da via, de modo a permitir a circulação de veículos pesados de passageiros. “Era uma aspiração antiga da população que vamos concretizar”, lembrou o Presidente da Câmara.

Está prevista também a execução de muros de suporte à via e de contenção de taludes, passeios, substituição da iluminação pública existente por iluminação LED, rede de águas pluviais, colocação de bebedouros e mobiliário urbano e ainda pavimentação total da via. A empreitada tem um prazo de execução de 18 meses.

Veja mais na Rádio Ansiães e no Diário de Trás-os-Montes.

Adicionada: 21 de Fevereiro 2020

Imagens associadas:

Mini_1
Mini_2
Mini_3
Mini_4
Mini_5
Mini_6
Mini_7

Projetos cofinanciados pela EU


* Boletim Municipal Digital

Fique a par de todas as nossas novidades em primeiro lugar. Subscreva já o nosso Boletim Municipal Digital.

 

RPGN

A RPGN é um incentivo à empregabilidade dos jovens

PDR2020

PDR2020

SOS Vespa

SOS-VESPA

NetEmprego

NETEMPREGO

Comércio investe

Comércio investe
QREN