Município de Alijó


Câmara continua a investir na prevenção de incêndios florestais

Mini_0

O Município de Alijó continua a trabalhar na prevenção e preparação da próxima época de incêndios florestais através da criação e limpeza de faixas de gestão de combustível. Estes trabalhos arrancaram no fim do verão de 2019 e resultam de um investimento global de cerca de 240 mil euros.

A instalação de faixas de gestão de combustível na Rede Primária do Concelho resultou da apresentação de duas candidaturas. A primeira, no valor global de cerca de 110 mil euros, centrou-se nas freguesias de Vila Verde e Pópulo. Os trabalhos incluíram o controlo da vegetação espontânea, redução de densidades, podas ou desramações, perfazendo uma área total intervencionada de 69 hectares.

Esta candidatura teve também como objetivo a atualização da informação cartográfica, indispensável à planificação da Defesa da Floresta contra Incêndios (DFCI), na elaboração da cartografia de perigosidade e risco de incêndio florestal e outros instrumentos de ordenamento do território do Concelho de Alijó.

Uma segunda candidatura, no valor de 53.352,64, permitirá a instalação de faixa de gestão de combustível na Rede Primária na Senhora da Cunha. Será intervencionada uma área total de 49,527 hectares, nas freguesias de São Mamede de Ribatua e União de Freguesias de Carlão e Amieiro.

O objetivo destas intervenções é garantir a transitabilidade dos veículos de combate ao longo da sua extensão, diminuir a superfície percorrida por grandes incêndios, reduzir a passagem de incêndios e isolar potenciais focos de ignição de incêndios.

Em relação à Rede Secundária, o Município de Alijó investiu 76.450,00€ do próprio orçamento na limpeza de bermas da rede viária municipal, numa área total de 75,86 hectares. Estas faixas de gestão de combustível são da responsabilidade da Câmara Municipal, entidade gestora da infraestrutura.

Os locais de intervenção incluem o cruzamento da N212 até Vale de Cunho até cruzamento Murça; a M580, entre Pegarinhos e Alto de Pegarinhos; a M581, entre o Nó IC5 e Santa Eugénia (M594), entre Pegarinhos (CM1284) e Cruzamento Murça (CM1285), entre Santa Eugénia e Martim, entre Santa Eugénia e Carlão, entre Caldas Carlão e Carlão; a M582, entre São Mamede Ribatua, Safres, Amieiro, Franzilhal e Carlão; e a M596, entre Carlão, Casas da Serra e Chã.

Os objetivos da Rede Secundária é a redução dos efeitos da passagem de incêndios, protegendo de forma passiva vias de comunicação, infraestruturas e equipamentos sociais, zonas edificadas e povoamentos florestais de valor especial, e o isolamento de potenciais focos de ignição de incêndios.

Adicionalmente, foi feita a manutenção em 60 quilómetros de estradas florestais.

Adicionada: 11 de Maio 2020

Imagens associadas:

Mini_1
Mini_2
Mini_3
Mini_4
Mini_5
Mini_6
Mini_7
Mini_8
Mini_9
Mini_10
Mini_11

Projetos cofinanciados pela EU


* Boletim Municipal Digital

Fique a par de todas as nossas novidades em primeiro lugar. Subscreva já o nosso Boletim Municipal Digital.

 

RPGN

A RPGN é um incentivo à empregabilidade dos jovens

PDR2020

PDR2020

SOS Vespa

SOS-VESPA

NetEmprego

NETEMPREGO

Comércio investe

Comércio investe
QREN