Município de Alijó


Executivo cumpre e avança com requalificação da Vila do Pinhão

Mini_0

Realizou-se ontem, 30 de março, a assinatura do contrato de execução da 1ª fase da requalificação do núcleo urbano do Pinhão, um passo histórico para esta Vila que passou várias décadas sem sofrer qualquer intervenção.

O Presidente da Câmara Municipal de Alijó, José Rodrigues Paredes, fez questão de assinar este contrato na presença da população do Pinhão, onde já tinha estado, em 2017, para se comprometer com a realização desta obra.

“Estar aqui, no dia de hoje, é a prova inequívoca de que ainda há políticos credíveis, políticos que abraçam a política como uma causa nobre cujo único propósito é o serviço público”, sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Alijó, José Rodrigues Paredes, durante a cerimónia.

O Autarca explicou que “foi um processo muito longo e muito difícil”, mas assegurou que nunca pensou em desistir. “Sempre tivemos a certeza de que haveria de chegar o dia em que todos os Pinhoenses, mesmo aqueles que não acreditaram, iriam sentir orgulho pelo início desta obra”, frisou.

Durante o seu discurso, José Paredes lembrou que antes dele “outros prometeram aquilo que nunca cumpriram”. “Eu acreditei, prometi e estou a cumprir. Estou a cumprir eu e está a cumprir o Executivo que lidero”, afirmou.

A assinatura deste contrato marca, na opinião de José Paredes, “o início de um tempo novo para a vila do Pinhão, mas marca também o início de um tempo novo para o Município de Alijó”. “Queremos, com esta primeira fase da Requalificação do Núcleo Urbano do Pinhão e com as fases complementares que lhe darão seguimento, enraizar, definitivamente, a vila do Pinhão como centro nevrálgico de toda a Região Demarcada do Douro”, sublinhou o Autarca, que acredita num “futuro auspicioso” para o Pinhão.

A Presidente de Junta do Pinhão, Sandra Moutinho, lembrou que esta era uma obra desejada há 30 anos e que passou por vários executivos. “Esta primeira fase de requalificação é um marco muito importante para a nossa população, a nível do saneamento e das infraestruturas, e também para os nossos turistas, que terão melhores condições”, adiantou.

Segue-se a necessária análise pelo Tribunal de Contas para atribuição do visto indispensável ao início dos trabalhos.

Adicionada: 31 de Março 2021

Imagens associadas:

Mini_1
Mini_2

Projetos cofinanciados pela EU


* Boletim Municipal Digital

Fique a par de todas as nossas novidades em primeiro lugar. Subscreva já o nosso Boletim Municipal Digital.

 

RPGN

A RPGN é um incentivo à empregabilidade dos jovens

PDR2020

PDR2020

SOS Vespa

SOS-VESPA

NetEmprego

NETEMPREGO

Comércio investe

Comércio investe
QREN