Município de Alijó


IGESPAR e DRCN visitam Alijó

Mini_0

No dia 22 de Setembro, o Município de Alijó recebeu uma visita por parte do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico e da Direcção Regional da Cultura do Norte, responsáveis pela fiscalização e controle dos trabalhos arqueológicos desenvolvidos a nível nacional. Esta visita previamente agendada permitiu a convergência de ideias entre a principal instituição que tutela o património nacional e o Município de Alijó, tendo em vista a salvaguarda, valorização e dinamização de arqueossítios chave previamente identificados neste concelho através de um inventário rigoroso. O principal objectivo desta visita foi explicitar o projecto, agora finalizado numa primeira fase “Valorização do Castro de S. Marcos (Pópulo)” que foi co-financiado pelo programa Leader + e aprovado pela Associação do Douro Histórico (sediada em Sabrosa). Posteriormente decorreu uma visita técnico - pedagógica visando o esclarecimento de todo o conjunto arqueológico, alvo de trabalhos, destacando-se as especificidades técnicas encontradas na reconstrução e conservação da 2ª linha de muralha. Os institutos em questão puderam assim comprovar o efectivo investimento deste município no património arqueológico concelhio. Pretende-se, desta forma, contribuir para uma beneficiação integrada da região do Douro, de modo a proporcionar à comunidade local, escolar e ao visitante em geral um contacto directo com o passado da região, caminhando assim esta, lado a lado, com a promoção do turismo cultural, ao permitir, por exemplo, a criação de roteiros a jusante, classificados por períodos cronológicos tipificados.

Mais informações em http://arqueologia.cm-alijo.pt

Adicionada: 22 de Setembro 2009


* Boletim Municipal Digital

Fique a par de todas as nossas novidades em primeiro lugar. Subscreva já o nosso Boletim Municipal Digital.

 

RPGN

A RPGN é um incentivo à empregabilidade dos jovens

PDR2020

PDR2020

SOS Vespa

SOS-VESPA

NetEmprego

NETEMPREGO

Comércio investe

Comércio investe
QREN